- Genison Balbino - - 29 de junho de 2019 | - 9:11 - - Home » Canhoba» Cidades» Política» Sem categoria» Slide - - 2 Comentários

Entrevista: Chrystophe Divino reafirma sua pré-candidatura a Prefeitura de Canhoba

Em entrevista ao portal genisonbalbino.com, o jovem Chrystophe Divino, 33 anos, reafirmou sua pré-candidatura a Prefeito de Canhoba e o seu compromisso com a população daquele município. Nas eleições de 2016 Chrystophe acabou em segundo lugar com 1.520 votos (42,16%), 277 a menos do que Manoel Arroz, eleito naquela oportunidade.

Funcionário Público e cantor, Chrystophe é formado em Letras/Português; pós-graduado em Didática e Metodologia do Ensino Superior e pós-graduado em Educação Especial. Para ele, a política sempre fez parte do seu cotidiano, mas nunca pensou em ser político, e que foram as circunstâncias que o fez aceitar a concorrer a0 cargo de Prefeito em 2016. “Hoje as pessoas estão cansadas dos políticos profissionais, e foi a partir deste entendimento e discordando da forma como o atual Prefeito fazia a “política” que decidimos disputar, pois amamos nossa cidade e queremos o melhor para ela.” Destacou Chrystophe

“É a política que conduz as nossas vidas enquanto cidadãos e determina nosso futuro. Portanto, se a gente quer um país e uma cidade melhor é necessário está por dentro da política e usar suas ferramentas para a luta por melhorias. Foi com esse pensamento que visitamos o nosso povo e entregamos a mensagem da nova política a cada um, e continuaremos firmes e fortes com o desejo de ver nosso município no rumo do desenvolvimento.” finalizou

Chrystophe respondeu algumas das nossas perguntas, confiram;

genisonbalbino.com – Qual a sua avaliação sobre a atual administração?

Chrystophe Divino – Mediana. Uma administração cumprindo apenas o básico e a obrigação, como por exemplo o pagamento em dias; Entretanto, falta muita coisa para ser realizada. Para os seus leitores terem ideia, somos o único município do estado de Sergipe que não tem uma ambulância; Há povoado sem água encanada, ruas sem calçamento e apenas 4% de saneamento básico.

genisonbalbino.com – Quais você acha que seriam os principais desafios como Prefeito de Canhoba?

Chrystophe Divino – O principal desafio seria a geração de emprego e renda. Temos um povo carente, onde a grande massa sobrevive apenas do salário da prefeitura. A explicação para isso é que os últimos administradores do município não buscaram e não buscam até os dias de hoje, formas que gerem empregos; não se buscam empresários que queiram investir na cidade; não se investe na agricultura familiar e não incentivam o microempreendedor individual, enfim, tivemos gestores que não plantaram árvores e dessa forma fica impossível colher bons frutos.

genisonbalbino.com – Por que você quer ser Prefeito?

Chrystophe Divino – Porque antes de pensar em mim, eu penso no meu povo. Quero, e vou ver, o desenvolvimento da minha cidade. É Triste ver cidades que foram povoados de Canhoba e que hoje estão bem mais desenvolvidas. Canhoba regrediu e não se desenvolveu, tão pouco permaneceu no que era! Quero ser prefeito para ver o meu povo voltar a sorrir e ter mais orgulho das suas origens.

Por Genison Balbino (Siga nosso INSTAGRAM)

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Entrevista: Chrystophe Divino reafirma sua pré-candidatura a Prefeitura de Canhoba

2 respostas para “Entrevista: Chrystophe Divino reafirma sua pré-candidatura a Prefeitura de Canhoba”

  1. Antenor disse:

    Christophe Divino é oportunidade de mudança. Jovem, qualificado e com pensamento inovador é esperança para o povo de Canhoba. A cidade tem muita coisa para ser feita em todos os setores, só alguém com disposição e com vontade de buscar recursos, sem os vícios da velha politicagem é capaz de fazer acontecer.
    Parabéns pela entrevista.

  2. Antenor Neto disse:

    Christophe Divino é oportunidade de mudança. Jovem, qualificado e com pensamento inovador é esperança para o povo de Canhoba. A cidade tem muita coisa para ser feita em todos os setores, só alguém com disposição e com vontade de buscar recursos, sem os vícios da velha politicagem é capaz de fazer acontecer.
    Parabéns pela entrevista.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: