“Essa Câmara não serve para nada” Afirma Vereador de Aquidabã

O Vereador Edier da Ambulância (PT), soltou o verbo durante sessão realizada ontem, quinta-feira (07) na Câmara Municipal de Vereadores. Em pauta, estava um projeto de resolução que flexibiliza a realização da eleição da mesa diretora. Ou seja. Hoje há uma data específica e a partir de agora poderá ser realizada até a última sessão do segundo ano da legislatura.

O Vereador de oposição, orientado pelo assessor e ex-Vereador Diego de Gonçalo, pediu vistas do projeto de resolução, momento em que a Presidenta Sandra Menezes (PRB) concedeu “vistas de mesa”, onde o Vereador teria apenas 10 min para analisar a propositura, o que causou ainda mais revolta ao parlamentar que solicitava no mínimo 3 dias, previstos no regimento interno da casa.

Edier reclamou que o projeto foi colocado em pauta de última hora e não houve a distribuição dele aos colegas parlamentares. “É uma vergonha essa câmara! Não serve para nada! Está igual ao Congresso Nacional que anda aprovando tudo contra o povo. Como é que colocam um projeto para aprovação sem a gente saber de nada? A presidenta não avisa nada a gente! Dominada igual canoa…” relatou

O Vereador Fernando Júnior (PRB), disse durante discurso que se sentiu ofendido por algumas palavras ditas por Edier. Para ele, a Câmara tem feito sua parte e seu colega de oposição está sendo usado por algumas pessoas.

O projeto de resolução acabou sendo aprovado pela maioria, sendo que Edier votou contrário.

Por Genison Balbino

Publicado por

Genison Balbino

Genison Balbino

Repórter da Rádio Comunitária Aquidabã FM 104,9 e Proprietário do portal de notícias genisonbalbino.com

Deixe uma resposta