- Genison Balbino - - 1 de novembro de 2017 | - 12:00 - - Home » Saúde» Slide - - Sem Comentários

Emdagro inicia 2ª etapa da campanha de vacinação contra a Febre Aftosa em Sergipe

image_pdfimage_print

A Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) inicia hoje, dia 1º de novembro, em todo o Estado a segunda etapa da campanha de vacinação contra a Febre Aftosa. A campanha visa imunizar bovinos e bubalinos com idade de até 24 meses e manter, assim, a sanidade do rebanho em Sergipe.

Com 22 anos sem a presença da doença, o Estado é referência no país em manutenção do status como Área Livre de Febre Aftosa, garantido através da realização de diversas atividades, como vacinação obrigatória de bovinos e bubalinos, vigilância em propriedades rurais, georreferenciamento de fazendas, realização de inquéritos soroepidemiológicos, controle do trânsito, manutenção de sistema eficaz de vigilância epidemiológica, treinamento e capacitação do corpo técnico para atuação em emergências sanitárias, e estímulo à participação comunitária na defesa sanitária animal.

Para que os animais vacinados sejam realmente protegidos contra a Febre Aftosa, é essencial que as vacinas sejam adquiridas em estabelecimentos cadastrados junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), bem como sejam mantidas refrigeradas (entre 2 e 8 °C) nas revendas, no transporte até a propriedade rural e durante a aplicação; que obedeça as Boas Práticas de Manejo”, Explica a Diretora de Defesa Animal e Vegetal da Emdagro, Salete Dezen.

A Febre Aftosa tem grande importância social e econômica, e seu impacto prejudica produtores, empresários e toda a sociedade. Tais impactos envolvem prejuízos diretos e indiretos, e podem compreender desde a redução nos preços até a suspensão das exportações para alguns países, causando prejuízos econômicos a todos os segmentos da cadeia produtiva, além de custos adicionais públicos e privados para adoção de medidas para conter o foco e retomar o status sanitário.

A doença

A Febre Aftosa é das doenças infecciosas mais contagiosas dos animais e acomete animais biungulados (de casco fendido) como: bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e suínos. Ela é causada por vírus (família Picornaviridae, gênero Aphthovirus) que se dissipa pelo contato entre animais doentes e susceptíveis, e pode contaminar o solo, água, vestimentas, veículos, aparelhos e instalações, inclusive, pode o vírus pode ser transportado com o vento.

Os animais doentes apresentam feridas (bolhas, aftas) na boca, nas tetas e entre as unhas, assim como, salivam em excesso (babam), não comem, não bebem, andam com dificuldade (manqueira), se isolam dos outros animais e apresentam febre alta, podendo ter tremores.

Via EMDAGRO

Enium Criação de sites

Deixe seu comentário!

Para: Emdagro inicia 2ª etapa da campanha de vacinação contra a Febre Aftosa em Sergipe

Deixe uma resposta